Guest Post | Busy Woman and the Stripy Cat

2.12.13
Desta vez é a busy Rita. Eu gosto muito da Rita: da filosofia de vida, das experiências que faz, do seu slow motion... É sempre uma honra tê-la por cá.
Minimalismo, em Portugal diz-se The Busy Woman and the Stripy Cat.
Obrigada, Rita.


A Magda fez-me uma pergunta difícil: quem são os teus filhos daqui a 20 anos e o que é que tu fazes todos os dias nesses sentido?


Ufa… Resumidamente, quero que os meus filhos sejam pessoas como deve ser. Pessoas com princípios, honestas, sinceras, humildes. Quero que cultivem a equanimidade e sejam generosos e gentis para os outros. Quero que sejam pessoas apaixonadas pela vida e tenham a coragem de seguir os seus sonhos. Quero que dêem sem estar à espera de receber.


O que é que eu faço todos os dias nesse sentido? Tento dar-lhes o exemplo. Sendo uma praticante e estudante de yoga, e sendo o yoga uma filosofia de vida que se pratica em cima do tapete mas também fora dele, tento viver o yoga no meu dia a dia e transmitir esses princípios aos meus filhos.



Ensino-lhes que não devemos ser violentos com os outros, mas também não o devemos ser connosco próprios. Explico-lhes que devemos dizer sempre a verdade, a não ser quando a verdade vai prejudicar ainda mais a outra pessoa. Mostro-lhes que não devemos roubar nem fazer aos outros aquilo que não gostamos que nos façam a nós. Exemplifico como devemos ser gratos pelo que temos e não devemos cobiçar o que não é nosso. Tento que cultivem o desapego às coisas materiais, aos brinquedos, às consolas de jogos, à roupa de marca. Ensino-os a observar o mundo à sua volta e a apreciar as pequenas coisas - uma flor, as nuvens brancas, os pássaros que chilream de manhã. Mostro-lhes que são as experiências, as vivências, aqueles pequenos momentos cheios de amor, que são realmente importantes.




Ensino-lhes que o amor, a tolerância, a gratidão, são muito mais importantes para a felicidade humana e para o desenvolvimento sustentável do planeta que o dinheiro, o consumismo, o show-off. Aproveito situações do dia a dia para lhes ensinar qualquer coisa sobre o modo como devemos viver a vida, em harmonia, em paz connosco e com os outros.


Tento dar o exemplo. Não é fácil, claro que não. É um desafio, todos os dias, educar os meus filhos da melhor forma que posso - mas o que é a maternidade se não o maior desafio da vida de uma mulher?

9 comentários:

  1. Emocionei-me a escrevê-lo e emociono-me a lê-lo. Obrigada pelo desafio!

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito. Inspiador. Parabéns Rita pelo texto. Parabéns Magda pela selecção ;)

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito. Inspirador. Parabéns Rita pelo texto. Parabéns Magda pela selecção.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns Rita! Também emocionei-me ao lê-lo. Tenho filhos e partilho inteiramente desta hierarquia de valores. Identifico-me muito com o que a Rita escreveu e sei que não é um caminho fácil... é um caminhar contra a corrente. Penso que ainda somos poucos a pensar (e a agir) assim, quando formos mais, será mais fácil. Mais uma vez, parabéns pelo texto e pela partilha!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns, Rita! Muito emocionante!!!
    São esses valores que quero para os meus filhos.
    Obrigada por compartilhar conosco.
    Abs,
    Andrea

    ResponderEliminar
  6. Gosto imenso da foto dos meninos praticando yoga juntos. Já a tinha visto no teu blog e faz-me sorrir por vê-los não só empenhados em algo que orgulha a mãe e a eles, mas também por o fazerem em conjunto e aprenderem a estar em sintonia. É difícil, mas estás lutando Rita, parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Que lindo! Parabéns! Acho que é um trabalho árduo este de mãe, tenho duas meninas e posso entender como é desafiante a cada dia. E que os exemplos são significantes e importantes.

    ResponderEliminar
  8. Muito obrigada! É um desafio, mas é o melhor de todos!

    ResponderEliminar
  9. Olá Rita,
    não pude deixar de me comover com este post e com as suas respostas. Também sou Mãe e acho que é realmente o desafio mais difícil, mas o mais gratificante.
    Continue assim Rita! Parabéns pela Mulher que é!
    Fernanda

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share